Notícia

Estudos recentes: Um empreendedor de sucesso graças ao TDAH?

Estudos recentes: Um empreendedor de sucesso graças ao TDAH?


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade promove traços empreendedores
O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) geralmente está associado a desvantagens significativas para os afetados. No entanto, os sintomas também podem obviamente trazer vantagens. Por exemplo, a equipe de pesquisa liderada pelo professor Holger Patzelt, da Cadeira de Empreendedorismo da Universidade Técnica de Munique (TUM), conclui em estudos recentes que os sintomas do TDAH promovem importantes propriedades empresariais.

O TDAH é caracterizado por sintomas como baixa concentração, hiperatividade, impulsividade e falta de auto-regulação, frequentemente associados a prejuízos no desempenho e frequentemente tratados com medicamentos. Em seu estudo atual, a equipe de pesquisa internacional liderada pelo professor Patzelt agora se dedicou a possíveis vantagens dos sintomas do TDAH e descobriu coisas surpreendentes em relação às propriedades empresariais. Os resultados foram publicados no "Journal of Business Venturing Insights".

Benefícios dos sintomas de TDAH?
Os empreendedores de sucesso foram repetidamente associados ao TDAH no passado e "em algum momento percebemos: alguns sintomas do distúrbio se assemelham ao comportamento comumente chamado de empreendedor - em um sentido positivo", explica o professor Patzelt. Usando 14 pacientes autônomos de TDAH, os cientistas investigaram a influência dos sintomas de TDAH na atividade empreendedora. "Os empresários com TDAH são caracterizados por sua vontade de experimentar coisas novas, sua paixão e perseverança", disse o TUM. Os pesquisadores enfatizam que decisões intuitivas em situações incertas são uma razão para questionar modelos anteriores de economia.

Impulsividade como qualidade empreendedora
A impulsividade rapidamente deixa as pessoas com TDAH impacientes, mas tem a vantagem de que os afetados podem agir mesmo em circunstâncias imprevistas "sem cair no medo e na paralisia", explica o professor. Essas pessoas realmente florescem em situações difíceis, continua Patzelt. Os afetados costumam agir sem pensar, mesmo com decisões de longo alcance. Um participante do estudo relatou como ele comprou espontaneamente a empresa de um amigo durante o almoço depois que ele lhe disse que queria se aposentar enquanto come. Sem uma estratégia, outros sujeitos teriam investido grandes somas em projetos extremamente inseguros.

O foco está no desenvolvimento da empresa
O tédio em seu trabalho anterior levou vários entrevistados a se tornarem autônomos, também porque eles são capazes de buscar novas idéias a qualquer momento. "Uma forte disposição para experimentar coisas novas e correr riscos é uma característica empreendedora importante", enfatiza o professor Patzelt. No entanto, as ações impulsivas dos entrevistados só levaram ao sucesso se os sujeitos do teste conseguissem se concentrar em atividades essenciais para o desenvolvimento da empresa. A principal desvantagem da impulsividade são os problemas com o trabalho de rotina, como a contabilidade.

Tarefas hiperfocadas
Como outra vantagem comercial do TDAH, os pesquisadores citam o chamado hiperfoco, uma condição na qual as pessoas com TDAH se concentram extraordinariamente intensamente em uma tarefa que lhes interessa particularmente. Por exemplo, um empresário relatou que, quando procurava novas soluções para seus clientes, muitas vezes estava completamente absorvido no trabalho. "Os empreendedores podem obter uma grande vantagem competitiva com paixão, persistência e o conhecimento especializado que adquirem como resultado", explica o professor Patzelt.

Maior nível de atividade é uma vantagem
O alto nível de atividade dos entrevistados também oferece uma vantagem empresarial. Os pesquisadores relatam que muitos entrevistados trabalharam dia e noite sem ter tempo livre. Isto é devido à intoxicação que eles passam pelo hiper-foco, mas também à inquietação física. Os empresários usam isso como uma força para sua grande carga de trabalho. "No geral, ficou claro que o TDAH era um fator-chave na decisão dos indivíduos de se tornarem autônomos. O TDAH também teve um impacto em importantes características empresariais, como correr riscos, paixão, persistência e vontade de investir muito tempo", disse o professor Patzelt. O impulso também desempenha um papel especial, porque o TDAH intuitivo parece adequado para pessoas com TDAH, mesmo que o resultado seja ruim.

Ação impulsiva como uma nova abordagem em economia
Patzelt também vê o resultado da pesquisa como um importante impulso para repensar as premissas anteriores em economia: "Como julgamos as decisões empreendedoras é amplamente baseado na racionalidade e nos resultados positivos", mas surge a questão de saber se essas decisões são enfrentadas com um grande número A imprevisibilidade sempre pode ser racional. "As pessoas com TDAH nos mostram uma lógica diferente, que pode ser mais adequada à atividade empresarial", concluiu Patzelt. fp)

Informação do autor e fonte


Vídeo: Atenção: uso de celulares pode causar TDAH (Julho 2022).


Comentários:

  1. Ruben

    Eu recomendo.

  2. Kabaka

    Isso - ótimo!

  3. Samson

    Acho que você não está certo. Tenho certeza. Escreva em PM.



Escreve uma mensagem