Notícia

Estudo: Quebras do Facebook reduzem níveis de estresse

Estudo: Quebras do Facebook reduzem níveis de estresse



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Como uma quebra no Facebook afeta nosso estresse?

Hoje, a maioria das pessoas tem uma conta no Facebook. Essa conta ajuda a dar a outras pessoas uma visão de suas próprias vidas e a manter contato com amigos, mas também tem um impacto negativo nos usuários. Agora, os pesquisadores descobriram que a exclusão da conta do Facebook leva a uma redução no estresse.

Os pesquisadores da Universidade de Queensland descobriram que o Facebook estava estressando os usuários. Excluir a conta do Facebook ou interromper o uso do Facebook pode reduzir o estresse percebido e aumentar o bem-estar. Os especialistas publicaram os resultados de seu estudo na revista de língua inglesa "Journal of Social Psychology".

Menos estresse, mas também menos bem-estar

Se você fizer uma pausa no Facebook de cinco dias, reduzirá o nível do hormônio do estresse cortisol em uma pessoa, explica o Dr. Eric Vanman. Os participantes notaram uma melhora nos níveis de estresse fisiológico em seu estudo, mas também houve menos bem-estar entre os afetados. "As pessoas disseram que se sentiam mais insatisfeitas com suas vidas e estavam ansiosas para retomar as atividades no Facebook", disse o autor do estudo, Vanman, da Universidade de Queensland, em um comunicado à imprensa.

A separação social dos amigos reduz o bem-estar

Existem várias teorias por trás dos resultados mistos, explica o especialista. Se os usuários excluirem sua conta do Facebook, o nível do hormônio do estresse cortisol diminui, mas o estresse percebido permanece o mesmo. Uma razão para isso pode ser que os pacientes não estavam cientes de que o estresse havia diminuído, suspeitam os médicos. Após cinco dias sem o Facebook, os participantes relataram redução do bem-estar. Eles estavam simplesmente mais insatisfeitos com suas vidas e a razão disso, disseram eles, era a separação social de seus amigos do Facebook.

Os sujeitos foram divididos em dois grupos

Dois grupos de usuários ativos do Facebook participaram do estudo, com um grupo sendo instruído a não usar o Facebook por cinco dias e o outro grupo continuando a usar o Facebook normalmente. Todos os 138 participantes do estudo enviaram amostras de saliva no início e no final do estudo para medir alterações nos níveis de cortisol, explicam os cientistas.

Os intervalos foram curtos

Os médicos tiveram a ideia para este estudo quando não usaram o Facebook por alguns dias. Ao conversar entre si, os pesquisadores descobriram que alguns deles já haviam interrompido o uso do Facebook se considerassem a plataforma social muito estressante. No entanto, as interrupções ocorreram apenas por um período de vários dias ou semanas, após o qual os especialistas usam sua conta do Facebook novamente.

Facebook pode causar estresse

O Facebook se tornou uma ferramenta social indispensável para milhões de usuários e obviamente tem algumas vantagens. No entanto, como transmite tanta informação social por meio de uma grande rede de pessoas, também pode ser estressante e estressante. Parece que as pessoas têm maior probabilidade de interromper o uso do Facebook por conta própria se essa plataforma social se tornar muito estressante para eles, suspeitam os pesquisadores.

No entanto, os usuários sempre retornam ao Facebook se se sentem infelizes porque se sentem isolados de seus amigos, dizem os médicos. Depois de um tempo, torna-se muito estressante para essas pessoas, o que as leva a fazer uma pausa novamente. Esse processo é repetido repetidamente, explicam os autores. (Como)

Informação do autor e fonte



Vídeo: Diabetes mellitus type 1, type 2 u0026 diabetic ketoacidosis DKA (Agosto 2022).